Álvaro Souza é reeleito presidente do SINTRAVC com 94,9 % dos votos válidos

Motoristas, fiscais, cobradores de ônibus e empregados de transportadoras de Vitória da Conquista (BA) reelegeram com 94,9% dos votos válidos, o sindicalista Álvaro Souza, da Chapa ‘Força, Luta e Transparência’.

Os trabalhadores reconheceram a organização do pleito autorizado e respaldado por decisão judicial. A eleição ocorreu nos dias 02, 03 e 04 de janeiro e contou com urnas fixas e uma itinerante. A posse da nova diretoria vai acontecer nesta terça-feira (07), na sede do Sintravc – Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Vitória da Conquista.

Eleito para o terceiro mandato consecutivo, Álvaro Souza afirmou estar feliz com a expressiva votação. “A gente vê que a categoria está do nosso lado e reconhece o trabalho que estamos fazendo em benefício deles. Estou muito feliz com o resultado”, disse. “Infelizmente as oposições que apareceram não vieram pra disputar, mas para prejudicar a categoria e o próprio pleito eleitoral. Não apresentaram chapa nenhuma”, comentou.

Para Arlinssem Souza, presidente da Comissão Eleitoral, o pleito ocorreu sem maiores problemas. “Foi uma eleição que se deu tranquilamente hoje, porém, o decorrer dela, que começou há 06 meses atrás, teve um pouco de conturbações, de situações que foram resolvidas judicialmente e a Justiça deferiu a favor da atual diretoria e que deveria continuar o pleito a partir do que foi parado. Os trabalhadores mostraram nas urnas uma votação bastante expressiva, levando em conta que as empresas de carga deram férias coletivas para alguns, mas mesmo assim, deu quórum suficiente para eleger o atual presidente”, ponderou.

André Luís Silva Moreira, membro da Federação dos Trabalhadores das Empresas de Transporte Coletivo Rodoviário de Passageiros da Bahia, também comentou as eleições. “Pude observar que é um sindicato muito benquisto pela categoria trabalhadora. A lisura da eleição foi perfeita, foi uma eleição democrática na qual deu o direito ao trabalhador falar se queria ou não aceitar aquela chapa”, afirmou André.

Neste novo mandato, Álvaro quer concentrar forças na aprovação de um Projeto de Lei que garante a presença de cobradores nos coletivos. “Nós vemos um risco de que um dia as empresas, alegando que estão com receitas baixas, podem querer suspender o cargo de cobrador. O projeto foi encaminhado (em 2019), mas não foi apresentado. Por isso é importante que a categoria tenha também um representante no Legislativo, se tivesse lá um rodoviário representando a categoria, com certeza o Projeto teria sido apresentado e aprovado por unanimidade”, avaliou.

Comentários
2020-01-05T23:11:01+00:00 janeiro 5th, 2020|Notícias|